P. René Butler MS - 28vo Domingo Ordinario -...
Gratitud por la curación (28vo Domingo Ordinario: 2 Reyes 5:14-17; 2 Timoteo 2:8-13; Lucas 17:11-19) Ya que vamos a reflexionar sobre la gratitud, comenzamos agradeciendo a todos y a cada uno de ustedes fieles lectores, y a aquellos de entre ustedes que de... Czytaj więcej
P. René Butler MS - 27mo Domingo Ordinario -...
Auméntanos la fe (27mo Domingo Ordinario: Habacuc 1:2-3, 2:2-4; 2 Timoteo 1: 6-14; Lucas 17:5-10) Cuando los apóstoles le dijeron a Jesús, “Auméntanos la fe”, ellos daban a entender dos cosas: la primera, que ellos ya la... Czytaj więcej
P. René Butler MS - 26to Domingo Ordinario - Un...
Un corazón misericordioso (26to Domingo Ordinario: Amós 6:1-7; 1 Timoteo 6:11-16; Lucas 16:19-31) Nos sumergimos en nuestra reflexión con la Antífona de Entrada de hoy: “Todo lo que hiciste con nosotros, Señor, es... Czytaj więcej
P. René Butler MS - 25to Domingo Ordinario -...
Llamados a rendir cuentas (25to Domingo Ordinario: Amos 8:4-7; 1 Timoteo 2:1-8; Lucas 16:1-13) Un administrador está a cargo de las propiedades de otra persona. Es un puesto de confianza. El personaje principal del Evangelio de hoy es un administrador... Czytaj więcej
prev
next

Santuários mais visitados

Fassini Atico Pe. Atico Fassini MS
A Aparição de Nossa Senhora em LA SALETTE, a 19 de setembro de 1846, é marcada pela Cruz do Senhor. Nela, Maria, a Mãe de Jesus, manifestase  omo a Mãe das Dores ao pé da Cruz de seu Filho. Com o Crucificado sobre seu Coração, chora por causa de seu Povo que continua crucificando Jesus. O povo de La Salette vivia uma situação humanamente desesperadora por causa da fome que levava à morte muitas pessoas na região. Situação  gualmente deplorável do ponto de vista moral e religioso, porque a  ndiferença, a descrença e a blasfêmia impregnavam seu clima de vida. As lágrimas de Maria, suas lamentações e a Cruz que traz sobre seu Coração revelam a dor que sente por seus filhos transviados do caminho do Senhor. Seu apelo para que vivam o espírito quaresmal de conversão é sinal de sua compaixão para com eles. Nossa Senhora, com paciente misericórdia, espera o retorno de seus filhos à casa do Pai. Seu apelo foi ouvido e suscitou a Reconciliação do Povo com seu Deus. A oração, a prática de vida cristã, e a penitência como caminho de conversão trouxeram vida nova para o povo de La Salette. A cruz do povo, por graça de Deus, deu lugar à sua ressurreição.
Se a Aparição da Salette é marcada pela Cruz do Senhor, ela também é fortemente sinalizada pela Luz da Ressurreição. A Aparição era feita de luz. Intensa luz que absorvia toda e qualquer sombra e envolvia de algum modo os videntes, Maximino e Melânia. A figura de Maria, suas vestimentas, suas atitudes e gestos transluziam a maravilhosa luminosidade do Reino da Ressurreição de Cristo. Suas lágrimas vertiam translúcidas de seus olhos e desciam ao solo, desfazendo-se sem tocá-lo, segundo o testemunho dos dois pastores agraciados. Tudo era luz. Misteriosa luz que brotava intensamente da Cruz do Senhor suspensa sobre o coração da Mãe das Dores. Nela o Cristo, Crucificado e Ressuscitado, refulgia como Luz do mundo. Cruz da dor e da morte, fruto do pecado humano. Cruz refulgente da Vida de Deus. Nela o Cristo se doa, livre e inteiramente, para o divino perdão da humanidade. Por ela a Vida ressurge na vitória sobre o pecado e a morte. Cruz e Ressurreição. Perdão e Vida. Mistério de fé. 

Nossa Senhora em La Salette quer envolver todo seu Povo nesse mistério da Páscoa como êxodo do reino do mal para o Reino de Deus. Seu apelo é de conversão como passagem do pecado e da morte para a vida e a graça em Deus. É o caminho quaresmal e pascal. Caminho feito de mudança de qualidade de vida pessoal à luz do Evangelho, na viva esperança de um mundo transformado por Cristo e em Cristo. Em sua Aparição, Nossa Senhora profetizou a realização de um mundo novo pela conversão a Cristo, ao afirmar:
"Se se converterem as pedras e rochedos serão transformados em montões de trigo..." Superabundância de trigo, símbolo do desejado mundo novo. A desgraça do mal não terá, então, mais lugar. A graça de Deus, na beleza da vida, ressurgirá do velho mundo feito de pecado. Será um mundo  econciliado com Deus e em Deus por Cristo. Salette é Mensagem carregada de esperança na Ressurreição. Esperança penitente, ativa, engajada na mudança de vida pessoal e comunitária, e na transformação da sociedade e do universo. Da penitência quaresmal a ser vivida nesse mundo se passará a viver da alegria pascal que a Cruz e a Ressurreição de Cristo farão surgir. Ao final da Aparição, Maria diz aos dois pastores: "Vamos, meus filhos...". Convida-os a caminharem com Ela montanha acima, para simbolizar o percurso de vida que Maria quer fazer com seu Povo na história, rumo ao encontro com Deus no Reino da Reconciliação. Pe. Atico Fassini MS
Sign in with Google+ Subscribe on YouTube Subscribe to RSS Upload to Flickr

Login >>> ELENCHUS

Go to top